4 de setembro de 2011

Adolf Hitler


 Lembra sobre aquele post sobre nazismo? Você deve se lembrar do Adolf Hitler, não é? Pois é, eu to aqui para falar dele. Por mais estranho que seja, ontem, quando o post ficou mais conhecido pelos meus seguidores, eu resolvi ler uma revista chamada Guia dos Vilões da Super Interessante. Todo mundo sabe que eu adoro uma Super, compro tudo que é Super Interessante e adoro saber mais! Aí, eu comecei a ler. Átila, Gengis Khan, Nero... Oopa! Napoleão Bonaparte e Adolf Hitler! Aí, me lembrei do post nazi e resolvi fazer um post sobre umas curiosidades do Hitler. Não são muitas, mas vale a pena saber!

Hitler amava Napoleão Bonaparte, sério. Durante a invasão nazista de Paris, em 1940, visitou o túmulo de Napoleão e curvou-se diante da lápide do imperador de terno branco. Mandou até derrubar a estátua do general Thomas-Alexandre Dumas, um cara que Napoleão odiava! Hitler fez isso como uma homenagem.

Quando era criança e vivia na Áustria, não gostava de viver ali e cantava o hino nacional alemão!

Hitler queria estudar artes (bizarro). O pai matriculou-o numa escola técnica e Hitler, bravo com a atitude do pai, começou a ir mal de propósito. Quando o pai moprreu em 1903, foi expulso. Saiu para beber e ainda usou o boletim como papel higiênico!

Aos 18 anos estava órfão. Tentou estudar na Academia de Belas Artes, mas foi rejeitado 2 vezes. Tentou fazer arquitetura, mas não deu certo. Fazia pinturas de prédios reproduzindo detalhadamente depois de olhar apenas uma vez e vendia postais que desenhava. No exército alemão, fazia cartuns para os soldados. 

Ele adorava arte clássica. Queria ver nas construções alemãs a grandiosidade de construções gregas enormes e pirâmides egípicias. Desenhou u mauditório com 17 vezes mais lugares que a basílica de São Perdro, em Roma e desenhou um Arco do Triunfo 70 metros mais alto, mas nenhum desses desenhos viraram realidade. 

Hitler também treinava discursos o tempo todo. Em um momento do jantar, sempre discursava. Seus gestos eram cuidadosamente ensaiados na frente de um espelho. 

Antesda ideia dos campos de concentração, Hitler pensou em exilar os judeus na Sibéria ou na ilha de Madagascar.

Agora, prestem atenção nisso! É muito horrorífico, a coisa que eu fiquei mais chocada sobre o nazismo. 
-O médico Sigmund Rascher inaugurou no campo de concentração de Dachau, câmaras de baixa pressão, que simulava as condições de pilotos ejetados de seus aviões em uma altura muito alta. As câmaras ficavam com vácuo absoluto (lugar que não tem nenhuma pártícula. Não tem partícula do ar, de água...). Lá dentro, os judeus eram  capazes de arrancar o cabelo e as unhas (ai) antes de morrer.
-Cérebros eram dissecados enquanto as pessoas ainda estavam vivas. Jovens tinham seus ossos e músculos retirados e os nazi dando a desculpa de que queriam estudar a capacidade regenerativa do corpo (sei... ¬¬)
-Testes com gêmeos, como tentar costurá-loes para ver se podiam virar gêmeos siamenses (tipo, cortam uma parte sua e do seu irmão gêmeo, que você vai fingir ter e aí, costuram os dois!)

É, foi isso. Gente, eu fiquei tipo... com olho assim: oO ou assim OO depois de ler os experimentos dos nazistas com judeus. 
Eu sei que isso não é algo que seja legal postar aqui, mas eu acho que seria bom se você soubesse, porque é importante cada vez saber as bondades e maldades do homem com o passar do tempo.